COMCULT

Grupo de Pesquisa Comunicação e Cultura em Televisualidades (UFMG)

39834865_2357809504259772_27092487402034
  • icone site
  • Facebook - Círculo Branco

O COMCULT atua em nvestigações sobre o audiovisual latino-americano a partir de cinco pilares: 

1) História cultural e crítica do audiovisual latino-americano;

2) estudos de televisão transnacional/não linear e novas mídias (estratégias de mercado, de produção de conteúdo e experiência cultural);

3) estudos de cultura visual;

4) hermenêutica da narrativa;

5) Teoria social crítica latino-americana. 

Ênfase no desenvolvimento de pesquisas voltadas para o audiovisual contemporâneo em diversas plataformas e modelos de negócio e suas relações com as questões relacionadas ao contexto de produção, circulação e divulgação dos produtos. 

Atenção dirigida às dimensões que permitem explorar as potencialidades:

i) da discursividade visual e da figuração narrativa;

ii) da experiência narrativa, visual e cultural oferecida;

iii) da identificação de estratégias de mercado e de comunicabilidade;

iv) da inserção do audiovisual latino-americano no contexto da televisão transnacional e não linear. 

Projetos de pesquisa mais recentes realizados pelo grupo:

  • Selo América Latina de exportação da ficção televisual: mercado, comunicação e experiência na era do streaming;

  • Televisualidades, matrizes culturais e modernidade latino-americana: entre a metodologia analítica e o contexto cultural; 

  • Narcotelenovelas e um relato de nação: aproximações da cultura-politica colombiana através do estudo de recepção e da televisualidade de Pablo Escobar, el patrón del mal;

  • Estilo Televisivo e sua pertinência para a TV como prática cultural;

  • Comunicação e cultura: perspectivas críticas e analíticas. 

Trabalhos mais recentes apresentados em eventos pelo grupo:

  • Selo América Latina de exportação da ficção televisual: mercado, comunicação e experiência na era do streaming e o caso de Aruanas. 2019.
    Evento: 2a Jornada de Estudos sobre Cultura POP/PPGCOM/UFF 

  • MELODRAMA E GLOBALIZAÇÃO: dramas contemporâneos por reconhecimento em Coisa Mais Linda. 2019.
    Evento: XVI Congresso Ibercom. 

  • A EXPERIÊNCIA TELEVISIVA ENTRE A MAGIA DO VER E A MÁGICA DA IMAGEM: uma análise do tema da violência contra a mulher em O outro lado do paraíso. 2019.
    Evento: XXVIII Encontro Anual da Compós 

  • Experiências modernas de tempo na ficção televisiva latino-americana: apontamentos iniciais a partir da minissérie Dois Irmãos. 2019.
    Evento: 42o Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação 

  • QUEM A NETFLIX PENSA QUE SOMOS? Análise dos vídeos de divulgação da série Orange Is The New Black voltados à audiência da América Latina. 2019 

Publicações mais recentes do grupo em periódicos, livros, dentre outros:

  • Da leitura de uma picture à imagem de uma teoria: metaimagens da Rede Minas. ÍCONE (RECIFE. ONLINE), v. 18, p. 22-40, 2020. 

  • O MELODRAMA VIROU GLOBAL? PRÁTICAS DE PRODUÇÃO E DE CIRCULAÇÃO DA SÉRIE NETFLIX COISA MAIS LINDA. REVISTA LATINOAMERICANA DE CIENCIAS DE LA COMUNICACIÓN, v. 17, p. 168-180, 2019. 

  • Visualidad política en Latinoamérica II : Imágenes de la Migración Venezolana en Noticieros de Colombia y Venezuela. Eikon, v. 1, p. 43-52, 2019. 

  • Análise da televisualidade e proposições sobre o regime estético televisivo. In: Simone Maria Rocha; Rogério Ferraraz. (Org.). Análise da ficção televisiva - metodologias e práticas. 1ed.Florianópolis: Insular, 2019.

 

  • Imagens que perturbam, imagens que confundem: fissuras na representação visual da mediunidade em telenovelas. Análise da ficção televisiva: metodologias e práticas, Op. Cit.